quinta-feira, 30 de abril de 2009

Terceiro Sanskaras - Casamento Hindu

Esse seria o Terceiro sancramento (Sanckaras) é o CASAMENTO,na tradição Hindu, a união é não somente uma cerimônia, mas é verdadeiramente um sacramento. O hinduismo em si é dividido em várias religiões,existe muitas versões de casamento hinduista,enfim depende da religião dentro do hinduismo,da casta,enfim abrangem vários fatores. Mas a base do casamento Hindu é não é uma união dos CORPOS, mas uma união das ALMAS. Não é uma união para somente alguns anos ou algumas décadas, mas um pouco é uma união no mínimo 7 VIDAS. Digamos que o noivo e a noiva estão unido não apenas suas mãos e sim tornam si um UNICO CORAÇÃO.Na matemática 1 + 1 = 2 ,mas no casamento hindu 1+1 =1 se tornam apenas um só. ou seja na união espiritual, um mais um iguala UM,são um,um coração, uma mente, uma alma.São unidos no Deus, unidos no amor e unidos na luz. Mas, um mais um pode igualmente igualar onze(1+1=11). Vir junto não dobra meramente quem você era quando você estava sozinho. Agora, são cada um mais de dez vezes tanto quanto.
As 7 etapas de um casamento indiano tradicional representam 7 votos sagrados.
São votos da dedicação, votos da lealdade, votos da devoção e votos do amor.
Entretanto, estas etapas não são tomadas somente uma vez. Estes votos não são tomados somente em seu dia do casamento. Mas as poucos a noiva e o noivo devem andar estas 7 etapas em suas mentes e corações diárias. Devem-se prometem, seu amor e suas vidas ao Deus e cada momento de diário.
A cerimonia de casamento,e realizada por um Pandit em versos em Sânscrito. “VARA PUJA
Através do som do mantra, os pais do noivo, seguidos pelo noivo e seus padrinhos são benvindos pelos parentes da noiva, que chega usando suas cores tradicionais: vermelho e ouro. O Pandit faz o tilak vermelho nos parentes e dando o inicio da cerimônia com o famoso NAMASTÊ.Em seguida os parentes troca presentes.
GANESH PUJA
O Deus Ganesh é o símbolo Hindu, Om, representando a onipresença do poder divino e sua compaixão. A cabeça de elefante de Ganesh é sua sabedoria, sua presa é a firmeza espiritual e sua forma humana, amor e compaixão. O Pandit começa a cerimônia invocando a presença de Ganesh para remover todos os obstáculos entre os noivos.
GAURI PUJA
A Deusa Gauri simboliza a feminilidade e é representada pelo ideal mãe e mulher perfeitas. A noiva busca sua benção para um casamento longo e feliz.
PUNYA AVACHANA PALIKA PUJA
O noivo pede a benção a seus irmãos mais velhos e oferece suas rezas para que os noivos se completem entre si como a terra alimenta as sementes antes da colheita. KANYADANAM PANIGRAHANAM O pai da noiva oferece a mão de sua filha e o noivo, proclamando seu enlace a todos e que ela a conduzirá para cuidar do homem de seu coração. O pai da noiva pede que o noivo trate sua filha com igualdade e companheirismo durante toda a vida,nesse momento o pai da noiva lava os pés do seu genro simbolizando “É para que ele fique tão puro quanto a noiva”. Ao concordar, o noivo e sua amada brindam a união para seguir os quatro objetivos da vida humana:
1)Dharma, o dever de levar uma vida na correção;
2)Artha, o dever de ter graça e alegria;
3)Kama, o dever de uma vida sensual;
4)Moksha, o dever de alcançar a iluminação. Depois disso, o noivo consagra um trato sagrado, decorando o pescoço da noiva com um colar de ouro chamado Mangal Sutra, fechado por três nós simbolizando a trindade Hindu - Brahma, Vishnu, e Shiva.

MUHURTHAM
Aqui começam os ritos do casamento. Os noivos trocam o colar de flores simbolizando que apartir dali serao um só e em seguida passam uma mistura de sementes de cuminhos e açucar, um no rosto do outro. A mistura entre o amargo e o doce simbolisa a promessa de que eles se apoiaram na saúde e na doença, na felicidade e nos dias difíceis.Começa a parte do Pooja,

O Pandit recita os versões em Sânscrito,veja os elementos que não podem faltar na cerimônia:
Flores frescas: significam a beleza
Ghee (manteiga especial): para alimentar o fogo sagrado
Sindur: pó vermelho que traz boa sorte,usando pela mulher após o casamento.
Arroz e outros grãos: representam a comida necessária à reprodução da vida
Cocô: representa a fertilidade feminina.
Água: elemento de purificação.
Agni: Fogo sagrado. Um chalé de seda os enlaça até o momento em que a noiva e noivo se trocam olhares pela primeira vez antes do juramento,o Pandit amarra uma moeda de 1 Rupia ao chalé de seda enlaçado os noivos. Esta moeda de 1 Rupia amarrada a ambos simboliza que o casal deve iniciar apartir de entao sua vida financeira juntos e esta 1 Rupia deve "multiplicar".
E todos os elementos usados para ritual e lançado ao fogo sagrado,o incenso usado é em pó e os noivos e padrinhos deve oferece também o incenso ao fogo sagrado.
SAPTAPADI
Saptapadi é o versão em Sânscrito para os sete passos, que representam a união do casamento. O noivo primeiro coloca um METTI(anel de prata) nos dedos do pé da noiva e jura sua fidelidade eterna e após isso colocar seu pé direito em cima da AMMI (Pedra de Granito)a noiva pisa na pedra fazendo o juramente de ter a força durante todo o casamento como uma Rocha.De mãos dadas, eles rodeiam o fogo sagrado sete vezes, recitando seu juramento. O número sete refere-se à Terra, o Sol, a Lua e aos quatro Planetas visíveis a olho nú, posicionados em harmonia de uma única lei.Lei do Cosmos.
Sãos essas as juras:
Todos os prazeres e a dor, dividira comigo, seja aonde for, lá estarei.
Dou esse primeiro passo com você.
Eu protegerei nossa família, com nosso amor, que amo com meu coração pleno.
Dou esse segundo passo com você.
Lavaremos nossas mentes, limpas da poeira na água da sabedoria, que conhecemos e confiamos juntos.
Dou esse terceiro passo com você.
Aproveitaremos nossa alegria e trabalho, reduzindo o sofrimento alheio.
Dou esse quarto passo com você.
Que eu quero seus quereres e permanecerei sempre fiel.
Dou esse quinto passo com você.
Que viveremos com nossos meios e saúde espiritual.
Dou esse sexto passo com você.
Que, com esse fogo por testemunha, você estará comigo até a morte,
Dou esse sétimo passo com você.”
No final da cerimônia o noivo passa em sua noiva o sindor (pó vermelho) que será usado todos os dias ate sua morte ou ate ficar viuva.
E como uma conclusão da cerimônia, os noivos busca a bênção das pessoas idosas, que dizem por sua vez o verso de “Petru Pathunarum ,o Vahlga Peruvahlum” que traduz a “Que vocês alcancem as dezesseis benevolências e vive uma vida gloriosa!”. Os dezesseis benevolências falados são representados pelo seguinte: casa, esposo, crianças, mãe, cereais (alimento), água, terra, gado (riqueza), instrução, uma mente clara, inteligência, boas morais, força, ouro ,recursos e prazer.....Namastê
Quem se arrisa em casar*** Namastê...Deva Shakti

4 comentários:

  1. Eu quero casar assim... Mas tenho de arranja primeiro um noivo rico bem rico

    Por que não dever ser muito caro casar com todos esses rituais e festas...

    Mas é muito lindo e cheio de significados para os noivos

    beijo no seu coração Deva

    ilka do rio

    ResponderExcluir
  2. Deva!
    O casamento Hindu é simplesmente lindo!!!
    Um ato de amor e respeito!
    Olha, nao esquece do que conversamos no msn sobre como fazer oferendaas para Lord Ganesha!
    Bjos.
    Marcela_Recife_Brasil

    ResponderExcluir
  3. se fosse pra casar com Rodrigo Lombardi eu casava!kkkkkkkkkkkk beijossss

    ResponderExcluir
  4. é simplesmente tudo muito lindo.....por isso temos esse encanto com o casamento hindu....mas esse ritual é também pros casamentos de indianos pobres?

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua participação e não esqueça doe sorriso,não custa nada...Namaska.