sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Lenços - Nunca sae de moda...

A história desta peça é antiga. À época da chegada da família real portuguesa no Brasil, por exemplo, eles eram usados na cabeça pela futura rainha Carlota Joaquina, por causa de uma infestação de piolhos que, inclusive, a obrigou a raspar a cabeça. Tempos depois, portuguesas e espanholas já marcavam seu visual usando lenços bordados na cabeça e caídos nos ombros, enquanto os franceses optaram por modelos menorzinhos amarrados no pescoço, fazendo com que a über marca Hermès se consagrasse com seus lenços quadrados estampados feitos de seda.
Na Portugal do século XVIII, as mulheres bordavam lenços para seus amados que podiam, ou não, usá-lo como sinal de compromisso. Depois, na década de 70, eles foram novamente usados como uma maneira de se comunicar, servindo como uma espécie de código que, de acordo com a cor escolhida e do bolso onde era usado, sinalizava quais eram os interesses daquela pessoa na hora de se relacionar.
A verdade é que os lenços e echarpes nunca saíram de moda – e nunca vão sair. O que muda basicamente são as estampas e os jeitos de usar.
Recentemente, no inverno de 2008, o modelo keffiyeh - usado há séculos pelos homens do Oriente Médio na Jordânia, Palestina e Arábia Saudita - ganhou as passarelas e as ruas mundo afora enrolado no pescoço em formato triangular (de maneira que as pontas ficavam penduradas no colo) e foi tão usado que até cansou!
Seja resgatando os usos tradicionais da peça ou inventando uma nova moda, sempre é hora de experimentar quando se fala neste acessório tão essencial e multiuso, e a boa notícia é que eles podem ser usados com várias peças: de camisas e blazers a vestidos e camisetas, mas é importante ter atenção na hora de combinar estampas e, no caso das três versões que você viu aqui, evitar os modelos feitos com franjas.
Para fazer o passo a passo, nós usamos um lenço quadrado das lojas Renner, de 94 x 94 centímetros, com estampa abstrata, mas você pode optar por uma estampa étnica, mais retrô e até mesmo um modelo liso ou com cores mais básicas. Vale lembrar que a escolha do tecido depende um pouco da ocasião. Se for usar o turbante na praia, por exemplo, o ideal é que seja um lenço de algodão - um tecido mais fresco e sem brilho, fácil de lavar. Agora, se for fazer a linha étnica na balada, pode abusar dos feitos de cetim.
Se amarre nos lenços: 3 jeitos de usar
Quer economizar espaço na mala na hora de viajar? Leve um lenço. Além do modo convencional, aqui a gente mostra o passo a passo para amarrá-lo de um jeito diferente, transformá-lo em um turbante descolado para ir à praia,cachicol para inverno e até em uma bolsa.

Bolsa
Esta amarração é inspirada no Furoshiki, uma técnica japonesa de amarração de panos que pode ser utilizada de diferentes maneiras - inclusive para fazer bolsas e sacolas, que antigamente eram usadas pelos frequentadores dos banhos públicos no Japão para guardar seus pertences.
Como fazer: 1- Primeiro posicione o lenço aberto em uma base lisa. 2- Em seguida, faça um nó em cada uma das extremidades do lenço, deixando uma sobra de tecido no final. 3- Levante as pontas para cima e faça um nó em cada dupla para formar a alça da bolsa. 4- Agora é só ajustar o tamanho da alça e sua bolsa está pronta.
Nó em 8
Tanto os homens quanto as mulheres indianas usam e abusam dos lenços. Desde as duppattas, que servem para proteger a cabeça, até as pashminas, cada um exige uma técnica diferente de amarração. A do nó “em 8”, que você aprenderá aqui, é uma boa alternativa para deixar a peça mais firme no pescoço.
Como fazer:
1
- Dobre o lenço ao meio no formato de um triângulo. Em seguida, dobre a ponta até formar uma faixa. Dobre novamente ao meio segurando as duas extremidades. De um lado você terá um arco, e do outro as duas pontas do lenço. 2- Ainda segurando as duas extremidades, coloque o lenço na nuca. Para facilitar o processo, posicione uma das mãos dentro da argola.
3- Com as extremidades posicionadas acima do colo, passe uma das pontas por dentro da argola e puxe. 4- Passe a outra ponta por fora e depois por dentro da argola e puxe. 5- Para encerrar ajuste o nó para ficar corretamente alinhado.
Turbante
Muito usado no oriente, principalmente entre muçulmanos e indianos, o turbante se popularizou no ocidente na cabeça de mulheres cheias de personalidade, como Greta Garbo e Simone de Beauvoir, e recentemente a personagem vivida pela atriz Camillla Belle no filme À Deriva incrementava o visual hippie chic da década de 70 usando e abusando dos turbantes. Ele já é um acessório superforte, então uma dica é não combiná-lo com acessórios muito chamativos para não ficar com um ar caricato à la Carmem Miranda. Você pode usá-lo tanto com o cabelo solto quanto escondendo os cabelos dentro do pano.
Como fazer: 1 - Dobre o lenço ao meio no formato de um triângulo e em seguida dobre a ponta até formar uma faixa. 2– Segurando as duas pontas, posicione o lenço na parte de trás da cabeça. 3– Cruze as pontas uma vez, de maneira que a extremidade que estava na mão esquerda fique na mão direita, e vice-versa.
4– Gire mais uma vez as pontas para formar um “nó”, de maneira que cada extremidade voltará para as mãos originais. 5– Volte as pontas para a parte de trás da cabeça e dê um nó para ficar firme. 6– Se preferir você pode esconder a amarração por dentro do lenço.
Use sua imaginacao e abuse dos lencos esse ano de 2010...Namaste...Deva
fonte:
http://revistacriativa.globo.com/Revista/Criativa/0,,EMI108724-17553,00-SE+AMARRE+NOS+LENCOS+JEITOS+DE+USAR.html

2 comentários:

  1. Adorei essa postagem Deva.
    Voce tem lenços indianos para vende??.

    Flaviane - Portugal

    ResponderExcluir
  2. olá Deva!também amo lenços, tenho de diferentes cores e padrões. acho que dão um toque muito bom no visual.
    ah, já agora adorei o blog! estava a procurar coisas sobre o casamento hindu e encontrei o teu blog. muito bom!
    beijinho

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua participação e não esqueça doe sorriso,não custa nada...Namaska.